Desfalque de Milhões no Ministério da Agricultura: Corrupção no Projeto MOSAP II

Um desfalque milionário abalou o Ministério da Agricultura, envolvendo Júlia Grave, de nacionalidade portuguesa e coordenadora do projeto MOSAP II, em conluio com Anita Esperança, diretora do Instituto Nacional de Desenvolvimento Agrário (IDA). Mais de 5.000.000 de dólares, o valor residual do projeto, destinado a apoiar agricultores familiares, foi desviado.

No encerramento do projeto, os fundos não utilizados deveriam ser devolvidos ao financiador, o Banco Mundial. No entanto, aproveitando suas posições de poder, Júlia Grave e Anita Esperança desviaram esses fundos em benefício próprio.

Ao tomar conhecimento do roubo, o Ministro da Agricultura agiu rapidamente, exonerando Anita Esperança e recolhendo mais de 10 veículos de luxo de diversas marcas em sua posse.

Surpreendentemente, Júlia Grave continua trabalhando no Ministério como diretora de gabinete do novo diretor do IDA, nomeado em 1º de setembro de 2023. Ela alega estar protegida pelo Ministro e não tem a intenção de devolver os fundos desviados.

O Lil Pasta News está acompanhando de perto essa história em desenvolvimento. Mantenha-se atualizado com as últimas informações sobre este caso de corrupção que chocou o Ministério da Agricultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *