Minsa alerta: Há Xaropes contaminado que podem estar em circulação no país

O Ministério da Saúde proíbe, através da Agência Reguladora de Medicamentos e Tecnologia da Saúde (ARMED) a importação, distribuição, comercialização e consumo de lotes de xaropes contendo dietileno glicol e etileno glicol de baixa qualidade, contendo elevadas quantidades das substâncias contaminantes.

O alerta vem da Organização Mundial da Saúde (OMS) que refere que os lotes de solução oral Nº RPQ/REG/ISF/ALERT n.º6/2022 da OMS, de 5 de Outubro, foram detetados nos mercados informais na República da Gambia.

Assim, a ARMED proíbe a importação, distribuição, comercialização e consumo de lotes dos produtos descritos, em todo o Sistema Nacional de Saúde.

À Todas as Entidades de Saúde que eventualmente tenham em sua posse os produtos descritos aquele organismo governamental orienta no sentido de proceder “imediatamente” a sua inventariação e devolução ao importador/distribuidor.

Já os importadores ficam obrigados a recolher de forma voluntária e proceder a inutilização de lotes dos produtos em causa, mediante autorização prévia da ARMED.

Os Gabinetes Provinciais de Saúde através dos Serviços locais, ficam orientados no sentido de se providenciar a observância do exposto nos números anteriores.

Os utentes, que tiverem em sua posse os produtos descritos, devem imediatamente suspender a medicação e contactar o seu médico ou farmacêutico.

Todos os outros lotes dos produtos identificados devem permanecer em quarentena até nova orientação.

Fonte: CK

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *