Com 42 novos casos Angola confirma primeiras vacinas para Fevereiro de 2021

Angola começa a receber as primeiras vacinas contra a covid-19 em Fevereiro de 2021, assegurou esta segunda-feira a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, no final da 12ª Sessão do Conselho de Ministros.

Em declarações à imprensa, a titular da pasta da Saúde adiantou que a data está alinhada com a planificação que Angola recebeu do Covax Facility – programa mundial para impulsionar o desenvolvimento de vacinas contra a covid-19, implementado pela Aliança Global de Vacinação (Gavi, na sigla em inglês).

“Não virão ao país as 12 milhões, de doses, de vacinas ao mesmo tempo”, alertou a ministra, sublinhando que há uma promessa de que até Abril chegarão várias doses.

Segundo Sílvia Lutucuta, as vacinas são uma doação, ou seja, um investimento a fundo perdido da “Iniciativa Covax”. “Nessa conformidade, eles é que vão financiar as vacinas”.

Informou que, neste caso concreto, o Governo angolano vai entrar com os custos operacionais e o reforço da cadeia de frio.

Quanto às condições para receber as vacinas, a ministra Sílvia Lutucuta afirmou que o Executivo angolano vai concluir, até Janeiro de 2021, as condições logísticas, incluindo câmaras de frio para conservação.

Plano nacional 

O Plano Nacional de Vacinação Contra a Covid-19 foi aprovado hoje pelo Conselho de Ministros e prevê um processo a decorrer em duas etapas. A primeira contemplará pessoas com mais de 40 anos de idade, bem como pessoas de elevado risco de exposição.

Na segunda etapa serão vacinadas pessoas com idades compreendidas entre os 20 e 39 anos, as vendedoras dos mercados populares, motoristas dos serviços públicos e mototaxistas.

Covid-19 em Angola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *