Cazenga: Segurança e saneamento prioridades de Tomás Bica

O novo administrador do município do Cazenga, em Luanda, Tomás Bica, afirmou, nesta terça-feira, 22, que vai cumprir com o programa do governo local em curso, mas traz como os principais eixos da sua governação as questões ligadas à segurança pública, saneamento básico, saúde pública e educação.

Tomás Bica fez estes esclarecimentos à imprensa, após ser empossado como novo administrador do Cazenga, em cerimónia decorrida na sala de reuniões da administração municipal.

“Garantir a tranquilidade e a segurança aos cidadãos é tarefa da administração”, disse. Bica assegura que, apesar das limitações de recursos para concretização de determinados projectos, tranquiliza os munícipes que tudo fará para um Cazenga melhor.

O sector da educação e da saúde merecerão maior atenção do novo administrador que aponta as possíveis estratégias: “vamos identificar quantas escolas temos a partir dos cadernos escolares onde tem o diagnóstico de todas as escolas e, sobretudo de crianças fora do sistema escolar, que servirão de base para o trabalho que iremos dinamizar no nosso Cazenga”.

Depois da tomada de posse, o novo administrador visou a lagoa mais perigosa desta região de Luanda: “teremos também atenção com a lagoa do tio Quimbundo, que existe há mais de cinquenta anos, no bairro Grafanil, no distrito do Kalawenda”.

Bicas ouviu as preocupações apresentadas pelos moradores desta localidade e prometeu, que tão logo irá por fim à lagoa que na época chuvosa mata muitas crianças e alguns adultos.

Tomás Bicas substituiu Albino da Conceição, antigo ministro da Juventude e Desportos, agora indicado como director do gabinete da comissão política e eleitoral do Governo de Luanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *